O que é um eletricista industrial?

A profissão de eletricista assim como as demais possui uma infinidade de campos de atuação. Existem vários setores onde um eletricista pode trabalhar. Cada um deles possui uma rotina de trabalho e um piso salarial. Alguns são mais altos e outros mais baixos. Contudo, quanto mais se ganha, mais se trabalha ou maior a responsabilidade.

Uma área muito requisitada quando se pensa em elétrica é a função de eletricista industrial, mas afinal o que é um eletricista industrial? É um profissional que trabalha nas fábricas ou grandes indústrias. 

Esse segmento da elétrica se assemelha ao eletricista predial, porém possui algumas peculiaridades distintas. 

O que faz um eletricista industrial?

Esse profissional elabora projetos, realiza manutenção e instalação, elabora propostas comerciais e faz a vistoria. Esse tipo de serviço é muito requisitado, pois esse profissional é uma das peças mais importantes para o funcionamento de uma indústria.

Essa função é de grande risco, pois esses profissionais trabalham com equipamentos de alta voltagem, por isso, é necessário ter conhecimentos técnicos específicos, a fim de não se colocar em risco os colegas de equipe. 

Para ser um eletricista industrial é preciso ter muita concentração e atenção, pois um erro, pode custar milhões de reais e vidas. Também é preciso ter coordenação motora e organização para manusear as ferramentas.

Um bom eletricista conhece seus pontos fortes e fracos. Muitos acidentes já ocorreram, pois alguns profissionais se achavam auto suficientes e acabaram perdendo a atenção por alguns segundos, no que culminou em incêndios e destruição. É preciso ter humildade. 

Para se tornar um eletricista industrial é necessário fazer um curso profissionalizante, não somente para conhecer, mas para receber a liberação para executar a profissão. Mas, o que exatamente é ensinado no curso de eletricista industrial?

Curso de eletricista industrial

O curso de eletricista industrial é composto por 380 horas. Portanto, é explanado diversos assuntos sobre esse segmento. O curso é dividido por módulo, onde cada um deles aborda um aspecto diferente da área.

O primeiro módulo ensina sobre comandos elétricos. É ensinado ao aluno como montar, utilizar, realizar testes e validar comandos elétricos. Como o assunto é bem amplo e extenso, esse tópico possui uma carga horária de 120 horas. 

Nessa parte do curso você aprende a teoria, através de livros e diagramas, mas também existe a parte prática.

O segundo módulo aborda sobre inversores de frequência soft-starter. Isso significa que você vai aprender a interpretar, montar e configurar um inversor e/ou conversor, além de aprender como manusear o soft-starter. Caso você não saiba do que se trata, no curso eles ensinam a função. Essa parte do módulo possui uma carga horária de 40 horas.

O terceiro módulo aborda sobre controladores lógicos programáveis. Você vai aprender como configurar, programar e fazer o diagnóstico de um controlador lógico programável.  É como se fosse o software de um computador.  Por ser um tópico mais complicado, a carga horária são de 60 horas. 

A penúltima parte do módulo ensina sobre instalações prediais. Como citado acima, essas duas funções são compostas de atividades semelhantes. Logo, é ensinado sobre instalações, painéis e a estrutura de uma instalação elétrica. 

Essa parte, vai abordar apenas os aspectos que se assemelham a um eletricista industrial, portanto, não espere aprender sobre dois cursos em um. A carga horária são de 80 horas, que corresponde a metade de horas de um curso de eletricista predial.

Por fim, as últimas 80 horas abordam questões da eletricidade geral. Você vai aprender tudo sobre eletricidade de maneira básica, técnica e científica, além de compreender sobre grandezas elétricas e o funcionamento dos circuitos elétricos. 

Esse curso é oferecido pela Engehall. Possui certificado e muito reconhecimento no mercado. Logo, vale a pena o investimento. 

Outro fator importante, é que o curso ensina sobre as diretrizes e leis que os profissionais precisam seguir no dia a dia. Além de ensinar como usar os equipamentos de segurança.

eletricista-industrial-em-campinas

Como se contrata um eletricista industrial?

O processo seletivo para contratar um eletricista industrial não é muito diferente. O que as empresas vão analisar primeiro é se o profissional é certificado e onde ele estudou. A escola conta muito nesta primeira etapa.

Depois disso, é analisada a experiência do candidato. Eis a dificuldade para muitos profissionais. Infelizmente, nem todas as empresas têm vontade de contratar alguém sem experiência. Por isso, o ideal é quando começar a estudar, procurar um estágio e fazer amizade com os professores. Pois, quando você finalizar o curso é provável que consiga alguma recomendação. Gostando ou não, é assim que o mercado está funcionando atualmente.

Nunca fique apenas com um curso. O ideal é sempre estar se especializando, isso desperta o interesse da empresa. As pessoas que sempre ficam na média, geralmente não conseguem emprego. 

O profissional do RH vai se atentar se você é alguém que faz mais do que é esperado. Por isso, não fique com o básico, enquanto puder estudar, faça isso.

É possível que no processo seletivo você tenha que passar por alguns testes, a fim de que eles avaliem se realmente você sabe fazer o trabalho. Por isso, procure sempre estudar e aprender a como executar sua função da maneira mais segura e rápida possível. 

Quanto ganha um eletricista industrial?

Apesar de ser uma profissão que exige muito conhecimento e responsabilidade. O salário de um eletricista industrial está em média $2.190.00. Apesar dessa ser a faixa, alguns profissionais ganham bem menos e outros ganham muito mais, isso vai depender do quanto você se especializou e do estado que mora.

Existe também a categoria de eletricista industrial. O eletricista sênior, ganha em média $2.980.00, enquanto que o junior recebe $1.600.00. A categoria sênior são para profissionais mais experientes, e o junior é para pessoas que se formaram recentemente e ainda não possuem nenhuma experiência. 

Ser eletricista industrial é um excelente campo de atuação, pois sempre estão abrindo vagas. Então, a probabilidade de começar a trabalhar é grande. Tudo que você precisa fazer é um curso e escolher alguma área de especialização. Ademais, é só começar a exercer a profissão.

A minha recomendação para começar é clicar neste link: Curso eletricista industrial campinas SP.